Denominada ‘O Milagre do Tributo’, série de vídeos destaca o tema por meio de poesia popular e entrevistas. Os três primeiros episódios foram publicados nesta sexta-feira (18) no canal da Nota Potiguar no YouTube.

A construção do poema O Milagre do Tributo, dos poetas potiguares Antônio Francisco Teixeira de Moura e Antônio Kydelmir Dantas de Oliveira, é o ponto de partida para tratar a Educação Fiscal como instrumento de cidadania. O assunto será abordado na série homônima que a Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN) começou a exibir na última sexta-feira (18) no YouTube. Nessa primeira temporada, serão publicados 12 vídeos com poesia popular e entrevistas abordando a temática. A cada sexta-feira serão exibidos três novos episódios, que entram no canal da Nota Potiguar no YouTube (www.youtube.com/notapotiguar).

Os vídeos retratam o processo de criação do poema e os reflexos desse trabalho, que busca conscientizar a população sobre a importância de compreender bem o papel dos impostos e a relação com os cidadãos. A série resulta das ações do Grupo de Educação Fiscal Estadual (GEFE-RN), na busca por uma versão mais lúdica e poética para falar de Educação Fiscal de forma simples, além de divulgar a cultura potiguar.

Os vídeos foram gravados em Mossoró, no final de outubro do ano passado. A websérie se apresenta como um registro de uma conversa entre os dois poetas, destrinchando todo o caminho percorrido na divulgação e adaptação da Educação Fiscal. Além dos poetas, participaram também alguns convidados, como Gustavo Luz, da editora Queima Bucha, que publicou a primeira edição do poema, em 2005.

Com a inciativa, o Fisco Estadual e demais parceiros, incluindo o SINDIFERN e a ASFARN, mostram que é possível abordar a Educação Fiscal de uma forma simples, emocionando e sensibilizando o público e apresentando a cultura do RN, por meio da literatura de cordel, expressão cultural tipicamente nordestina. O Grupo de Educação Fiscal Estadual (GEFE-RN) é composto por membros da Secretaria de Estado da Tributação (SET), da Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC), da Secretaria do Estado do Planejamento e das Finanças (Seplan) e da Controladoria Geral do Estado (Control).

Sobre o poeta
Antônio Francisco, natural de Lagoa do Mato, bairro popular de Mossoró, é um poeta com reconhecimento nacional, ocupando a cadeira de número 15 na Academia Brasileira de Literatura de Cordel (ABLC) e tendo um prêmio de Literatura de Cordel em seu nome (Prêmio Antônio Francisco de Literatura de Cordel). Antônio Kydelmir Dantas de Oliveira é natural do município de Nova Floresta (Paraíba), mas possui um amor grande pela terra potiguar; ele é membro efetivo do Conselho de Curador da Fundação Vingt-un Rosado e contribui efetivamente com outras instituições culturais como a Sociedade Brasileira do Estudo do Cangaço (SBEC).

Fonte: Governo do RN/SET
Foto: Assessora SET